O TESTE DO PÃO.

O Teste do Pão.

Juízes 7:13-14. Gideão chegou bem no momento em que um homem estava contando seu sonho a um amigo. “Tive um sonho”, dizia ele. “Um pão de cevada vinha rolando dentro do acampamento midianita, e atingiu a tenda com tanta força que ela tombou e se desmontou”. Seu amigo respondeu: “Não pode ser outra coisa senão a espada de Gideão, filho de Joás, o israelita. Deus entregou os midianitas e todo o acampamento nas mãos dele”. (NVI)Alguém do acampamento do inimigo viu um pão destruindo o acampamento dos midianitas. Note, ele não viu 300 pães. Este pão foi equivalente a espada de Gideão. Deus já havia prometido para Gideão que ele iria derrotar o midianitas como um só homem.

Comentário: William Amancio.

Note que na visão do inimigo o pão (Palavra) estava rolando, a rolagem do pão significou a Palavra de Deus em movimento. O movimento do pão cevado é fazer fortes os fracos. A prática da Palavra do Senhor torna Cristo forte dentro do crente. O que destrói o inimigo é a Palavra de Deus em nós.

Oração, jejum se tornarão religiosidade místicas sem a dinâmica perfeita da Palavra de Deus. Sem a prática da Palavra, sem vitória.

Nesse tempo nosso inimigo é a nossa própria visão, de olhar o Monte e não ver o Pão Cevado.

(Juízes 6:16) “Eu estarei com você”, respondeu o Senhor, “e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem”. (NVI)Isso não significa que Gideão estava indo para fazê-lo por conta própria. Este pão foi equivalente a espada de Gideão, que por sua vez era equivalente a Gideão e seus 300 homens. Se quisermos ser poderosos, o princípio do pão (Cristo) deve ser conscientizado em nossas vidas.

Comentários: William Amancio.

Assim somos nós no corpo de Cristo quando equalizado pela voz de envio. A equalização de se ouvir, falar e praticar a mesma Palavra, é a nossa força do Senhor que nos tornará forte no corpo de Cristo.(1 Coríntios 10:17) Por haver um único pão, nós, que somos muitos, somos um só corpo, pois todos participamos de um único pão.(NVI)A geração que não tem medo, impulsionada por propósito e acesso a Palavra de Deus de forma rápida deve funcionar na unidade como um pão. Observe que não foi o que reuniu 32 mil que era um pão, mas Gideão e seus 300 homens.

Comentários: William Amancio

O exército de Gideão era formado por homens de fileira, homens com espírito para submeterem a graça do homem de Deus. Homens capacitados em qualidades para se tornar um só com o homem estabelecido.

O exército de Gideão figura uma igreja forte em obediência, treinada para enfrentar circunstânciasa adversas. Na visão de midianitas a igreja de Gideão era alimentada pelo pão cevado. O Pão significa Cristo – Jo. 6:51. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne.

A sobrevivência dos filhos de Deus é ser alimentado pela a Palavra de Deus.

A Palavra de Deus é fortaleza, crentes fortes são forjados pela prática da Palavra de Deus.

Comentários: Ap. Pedro Amancio.

O pão de cevada era a principal alimentação das classes mais pobres. A cevada era de crescimento rápido, o seu amadurecimento mais rápido do que o trigo. Os Midianitas haviam afrontados a moral de Israel, eles vinham como gafanhotos as plantações dos filhos de Deus. A Doutrina só tem valor para quem lhe dá a honra.Você pode comer do Pão e não saciar a sua fome.

Assim eram os Midianitas, eles comiam do Pão, mas não plantavam, eles não davam valor a semeadura. Suas barrigas estavam inchadas com o orgulho de pisar a plantação do duro trabalho dos filhos de Deus.O modelo do pão de cevada é para quem tem pressa de matar a fome.Esse Pão é para que tem sede de justiça. Quando somos afrontados esperamos que Deus tome nossas causas e suas mãos.Cevada tem haver com reparação…Cevada é aceita como oferta para reparação moral.Deus reparou a moral de Gideão e seus soldados.

Comentrios: William Amancio.

Grandes igrejas não dão glórias a Deus, no meio delas há muitos homens sem compromissos com Deus. Somente a Graça do Senhor é capaz de fazer a separação.

Deus fez separação de 32.000. As vitórias do Senhor não são por quantidades, mas por qualidade. A big igreja de Gideão precisou passar pela equalização da Palavra do Senhor, nem todos os crentes da igreja estão no mesmo Espírito. O pastor precisa aplicar a Doutrina Verdadeira de Cristo, para que os espíritos de medo, soberba, desobediência, incredulidade, altivez, acomodação e religioso saiam do meios daqueles que servem o Senhor em espírito e verdade.

O exército de Gideão só chegou a equalização perfeita quando foram testados pela Palavra!. A verdadeira igreja do Senhor é testada por viver da Palavra.

Comentários: Ap. Pedro Amancio

Obs: No tempo de paz se constrói, no tempo de guerra se aplica a Palavra.Cristo é para nós o Pão Cevado, o comer do Pão eliminou as distinções sociais, o povo tornou-se um só, a comunhão produziu a unidade para serem um Homem só em Cristo como foi os soldados por Gideão.Gideão soube discernir a visão no campo do inimigo.

Comentários: William Amancio.

A garantia do Crente está na Palavra de Deus, vemos isso no sonho que aquele homem teve, de um pão cevado rolando e derrubando a cabana, a única garantia que temos da vitória é quando vivemos a Palavra perfeitamente.

O Espirito do Senhor nos fará discernir as coisas em qualquer ambiente mesmo na presença do inimigo. O pão de cevada simbolizava o exército humilde de Gideão.A Palavra é clara quando diz sobre exaltação…Deus exaltou Gideão e seu exército de 300, diante dos 132.000 soldados dos Midianitas. Os 300 membros da igreja de Gideão mostrou maturidade ao passar pelo teste da Revelação de Reforma da Palavra de Deus.

O pão cevado é como um boi cevado.Você não pode desprezar o que Deus consagrou.O pão cevado mata a fome, a pão cevado é tão importante como o pão de trigo, ele fortalece os mais fraco, os humildes comem do pão cevado…Os soldados de Gideão, foram como os soldados e Davi, se tornaram homens fortes com um só coração em Gideão.

1 Crônicas 12:22. Porque, naquele tempo, dia após dia, vinham a Davi para o ajudar, até que se fez um grande exército, como exército de Deus.

Ainda que o pão asmo fosse feito da farinha de trigo, a cevada também estava no meio das festas de Israel.

Cristo é o Pão dos ricos e também dos pobres.

O Molho movido. Lv 23:10. Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: Quando entrardes na terra, que vos dou, e segardes a sua messe, então, trareis um molho das primícias da vossa messe ao sacerdote;Os primeiros frutos da sega era referente a primícia da cevada (festa das primícias) o sacerdote levantava o molho de cevada sobre o povo na congregação.O exército de Gideão celebrou a vitória pela visão do pão de cevada.O pão de cevada é comida para os crentes humildes… Em tempo de amargura não despreze o pão de cevada. Noemi e Rute, retornaram para Belém no tempo da colheita da cevada.Rt. 1:20-22. Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi; chamai-me Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso. Ditosa eu parti, porém o SENHOR me fez voltar pobre; por que, pois, me chamareis Noemi, visto que o SENHOR se manifestou contra mim e o Todo-Poderoso me tem afligido? Assim, voltou Noemi da terra de Moabe, com Rute, sua nora, a moabita; e chegaram a Belém no princípio da sega da cevada.Porque depois do pão de cevada era tempo do pão de trigo ser servido. Cristo está representado nós dois pães. Ele é o Pão que desceu do Céu. Amém!Pão de milho e Pão cevado é como o Pai e o Filho, representam a mesma Doutrina.

Amém!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s