SOBERBA – A INSENSATEZ QUE OFENDE A MAJESTADE DE DEUS.

SOBERBA – A INSENSATEZ QUE OFENDE A MAJESTADE DE DEUS.

Pv 16:18.

A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda.

Provérbios 18:12.

Antes da ruína, gaba-se o coração do homem, e diante da honra vai a humildade.

A soberba é uma enfermidade que se aloja no espírito do homen e é difícil de ser suportado.

O orgulho sufoca, destrói, mata, nele encontramos muitos males que afligem a alma do homem. É o pecado da destruição mencionado nas Escrituras que Deus abomina. O orgulho é definido como um conceito exagerado de amor próprio de altives brio, ufania que é um alto conceito de si mesmo e baixo conceito de outrem. Muitas pessoas têm aplicado estas atitudes em seus relacionamentos para com Deus, e tem tornado sua vida religiosa amarga e nefanda, desprezando a Doutrina da Sabedoria num pecado de blasfêmia que não é perdoado, por que Deus abomina esse tipo de pecado.

Devemos buscar o valor da sabedoria, nela encontramos a simplicidade dos humildes e direção para trilhar no caminho dos retos para não sermos fomentados por um espírito orgulhoso.

Pv 11:2.

Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria.

A integridade na doutrina manterá nossa segurança pessoal em Deus em meios as tribulações para não comprometer o padrão que apredemos de Cristo.

Um espírito de soberba altera os padrões de integridade, justiça e humildade e leva o homem para viver uma falsidade, isso é autodestruição.

Nabucodosor, chamado de servo do Senhor é um exemplo de sobeberba e loucura.

Abraham Lincoln disse: quer conhecer o caráter do homem? dê a ele poder.

Dn 4:29 – 37.

Ao cabo de doze meses, passeando sobre o palácio real da cidade de Babilônia, falou o rei e disse: Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com o meu grandioso poder e para glória da minha majestade? Falava ainda o rei quando desceu uma voz do céu: A ti se diz, ó rei Nabucodonosor: Já passou de ti o reino. Serás expulso de entre os homens, e a tua morada será com os animais do campo; e far-te-ão comer ervas como os bois, e passar-se-ão sete tempos por cima de ti, até que aprendas que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens e o dá a quem quer. No mesmo instante, se cumpriu a palavra sobre Nabucodonosor; e foi expulso de entre os homens e passou a comer erva como os bois, o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceram os cabelos como as penas da águia, e as suas unhas, como as das aves.

Soberba – palavra hebraica cuja raiz significa: alto; e por extensão sublime. Aplicada a Deus, a palavra significa sublimidade, majestade e Glória e é própria para descrever uma parte da natureza Divina.

Is 24:14-15.

Eles levantam a voz e cantam com alegria; por causa da glória do SENHOR, exultam desde o mar. Por isso, glorificai ao SENHOR no Oriente e, nas terras do mar, ao nome do SENHOR, Deus de Israel. Dos confins da terra ouvimos cantar: Glória ao Justo!

Mas só vem se tornar soberba quando se aplica aos homens que, pecaminosamente cobiçam tudo o que é de Deus.

Os homens justos louvarão a Deus, cantando sua Glória descrita no Céu e na terra.

O Reino de Deus implica viver duma maneira cuja santidade reflita e manifeste em Seus filhos que admiram a Glória do seu Senhor. A Glória do Senhor nos faz se alegrar até mesmo na tribulação.

Nabucodonosor fez estágio com Adão e Eva. Adão não estava satisfeito com o poder de administrar o Eden, a serpente o contaminou, seu coração se elevou, não estava mais satisfeito com o poder recebido, permitiu que Satanás confundisse sua mente, ele queria a Glória de Deus. Nabucodonosor, assim como Adão, foi rebaixado depois de se exaltar. Suas consciências foram conservadas para nos ensinar que se desejarmos a Glória de Deus profanamente, seremos lançados fora da Sua presença.

Há mais de 2.600 anos, Nabudonosor tornou-se o rei da Babilônia, mas após anos de conquistas, ele deixou de ser o homem mais poderoso de sua época para conviver com os animais, chegando a comer capim, literalmente.

Em seus delírios de grandeza perdeu sua sanidade mental e passou a se comportar como um ser irracional. A queda de Nabucodonosor fora predita um ano antes, assim como Adão, mesmo sendo Nabucodosor, foi advertido. Nabucodonosor que se considerava um deus, não se arrependeu de sua atitude arrogante, recebeu então o castigo Divino que o tirou do trono. A mesma coisa antes com Adão.

Observando Adão e Nabucodonosor, vemos que a soberba faz parte da natureza do ser humano, vem de sua mente corrompida repleta de sentimentos e desejos maus implantados pela serpente, inimiga do homem.

Mc 7:21-23.

Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem.

A Fonte da soberba está no coração, o coração representa a consciência e o centro da personalidade e emoções. O pecado constituído na mesma é o mesmo consumado por ação, mentes predominantes é como a mente de Caim, irão consumir o desatino contra Deus e a outrem. O homem contaminado pela soberba e orgulho lança raciocínio, desejos, paixões e ações de controle perversas sobre o próximo.

A serpente portanto colocou seu veneno no homem e muitos são tentados a viver de forma arrogante, mesmo sem perceber, mesmo o mais humilde dos homens em algum momento se vangloriará sobre alguém. Diante deste perigo, uma atitude sensata nos ensinará sobre. João Batista, muitas pessoas vinham para ouvi-lo e serem batizados por ele, sua popularidade deve ter sido muito grande, vejo também que deveria ser uma tentação para que ele se sentisse superior aos outros, mas ele não se achava nem digno de desamarrar as correias das sandálias de Jesus. Ele disse: É necessário que Cristo cresça e que eu diminua.

João não buscava sua própria glória ou benefício.

João cuidou dos arranjos da festa do Senhor Jesus.

João se retirou de cena elegantemente, permitiu que o noivo fosse reconhecido.

“Eis aí o cordeiro que tira o pecado do mundo”, foi ele quem apontou Jesus para os homens.

Jo 3:30.

Convém que ele cresça e que eu diminua.

João não buscava glória para si, João não buscava ser maior que o Filho de Deus.

João decidiu que o Messias deveria sobressair e não ele, assim também o caráter de Cristo deve se destacar em nossas vidas, não a má índole, soberba por natureza de desejar ser Deus.

Dn 4:34-37.

Mas ao fim daqueles dias, eu, Nabucodonosor, levantei os olhos ao céu, tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e louvei, e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é sempiterno, e cujo reino é de geração em geração. Todos os moradores da terra são por ele reputados em nada; e, segundo a sua vontade, ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes? Tão logo me tornou a vir o entendimento, também, para a dignidade do meu reino, tornou-me a vir a minha majestade e o meu resplendor; buscaram-me os meus conselheiros e os meus grandes; fui restabelecido no meu reino, e a mim se me ajuntou extraordinária grandeza. Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu, porque todas as suas obras são verdadeiras, e os seus caminhos, justos, e pode humilhar aos que andam na soberba.

Quanto a Nabucodonosor, ele reconheceu depois de certo tempo a sua própria insignificância e a total soberania de Deus, assim foi reconduzido ao trono. Após a restauração da mentalidade e do espirito é possível aos vencidos pela soberba retornar ao convívio com o Senhor.

O que governa a sua natureza? A soberba injustificável ou a devida humildade, cabe a nós homens mortais coibir esses sentimentos destrutivos de dentro de nós.

O brilho do avanço da Glória de Cristo deve apagar o brilho da glória carnal. A Glória de Cristo deve eliminar as instruções da serpente em nossos ouvidos. Nosso espírito de humildade contribui para o avanço do Reino de Deus de Glória em Glória.

Como filhos de Deus temos um caminho perfeito de seguimento, as instruções de provérbios não são para serem adimiradas como ditados, mas devem ser aplicadas porque existem caminhos intermediários cheios de despojos e orgulho.

A mensagem de hoje é uma herança para os filhos da casa, nós não temos nenhuma benesse neste mundo, mas o que temos são as nossas orações, nossos ensinamentos, bom exemplo e uma mesa de convênios forte em Cristo.

Aquele que quer ser o maior deve ser servo, antes de ser servido procura servir. Devemos ser como Cristo e aproveitar a oportunidade para aplicar a verdadeira grandeza da Sua Doutrina quando há pensamentos diferentes dos ensinamentos bíblicos.

Como filhos de Deus precisamos afastar de modo decisivo e para sempre o espírito de orgulho. A grandeza do discípulos está na sua humildade e dedicação no serviço de Cristo a outrem.

Mc 9:35.

E ele, assentando-se, chamou os doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos

Os filhos de Deus precisam revelar o verdadeiro espírito de Cristo, Jesus está condenando toda e qualquer mentalidade pessoal de orgulho, de achar ser melhor que seu irmão na mesa que lhe não pertence.

Os padrões de Deus são muito diferentes e oposto ao mundo, e Jesus é o padrão e exemplo supremo de humildade em serviço de como servir no Reino do Pai.

Fp 2:3-4.

Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros.

Água doce e água amarga não jorram da mesma fonte, você não pode querer ser exemplo de humildade carregando um espírito soberbo, esse é um comportamento de autocontradição e enganoso de seu coração. Na casa de Deus, Cristo irá valorizar nossas práticas humildes de filhos de Deus.

Nessa temporada não devemos ter discursões sobre que é o melhor ou maior. Existe uma sabedoria que estamos sendo ensinados, para que em nossas buscas os erros de Adão e Nabucodosor estejam longe da nossa mente e coração.

Como João Batista, também podemos caracterizar nossas condutas de fé e amor como atitude interior em humildade adquirido em Jesus Cristo nosso padrão.

Ef 4:2.

Sejam sempre humildes, bem educados e pacientes, suportando uns aos outros com amor.

Todas as derrotas começam com orgulho e incredulidade. O mundo pode valorizar o orgulho, mas Deus considera a humildade. Os crentes devem ter uma excelente disposição no espírito para que nunca desanime os homens que precisam ter um verdadeiro encontro com Jesus.

O orgulho e a soberba rompem a paz e produz a maldade, mas a humildade com amor restauram a paz. Considere que a Glória é somente Daquele que todas as coisas formou e criou, é Ele quem concedeu seus dons aos homens, podemos aproveitar todas as coisas, por que Dele é a Glória e o Amém!

APLICAÇÃO PRÁTICA PARA A RELAÇÃO PAI/FILHO.

APLICAÇÃO PRÁTICA PARA A RELAÇÃO PAI/FILHO.

 

O propósito desta lição é trazer muita clareza em nossa posição sobre a aplicação prática da nossa doutrina. É o nosso desejo praticar as lições que estamos estudando  

O HOMEM ESTABELECIDO. 

1 Coríntios 8
5 Pois, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores), 6 todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual existem todas as coisas, e por ele nós também

Paulo está falando aos crentes de Corinto. Esta foi uma das cidades mais prósperas na terra.  Ele está alertando as pessoas sobre a idolatria. Ele declara que existe um Deus, um pai. Entendemos claramente que o pai eterno é um Deus ciumento; Ele está com ciúmes de sua igreja; Ele é ciumento com o seu povo; Cristo é ciumento sobre sua noiva.

IDOLATRIA EM LISTRA

Atos dos Apóstolos 14:8-15. Na cidade de Listra havia um homem que estava sempre sentado porque era aleijado dos pés. Ele havia nascido aleijado e nunca tinha andado. 9 Este homem ouvia Paulo falar, que, fitando nele os olhos e vendo que tinha fé para ser curado, 10 disse Paulo em alta voz: Levanta-te fique direito sobre os teus pés. E ele saltou, e andava. 11 As multidões, vendo o que Paulo fizera, levantaram a voz, dizendo em língua licaônica: Fizeram-se os deuses semelhantes aos homens e desceram até nós. 12 A Barnabé chamavam Júpiter e a Paulo, Mercúrio, porque era ele o que dirigia a palavra.13 O sacerdote de Júpiter, cujo templo estava em frente da cidade, trouxeram para as portas touros e coroas de flores e, juntamente com as multidões, queria oferecer-lhes sacrifícios. 14 Quando, porém, os apóstolos Barnabé e Paulo ouviram isto, rasgaram as suas vestes e saltaram para o meio da multidão, clamando 15 e dizendo: Senhores, por que fazeis estas coisas? Nós também somos homens, de natureza semelhante à vossa, e vos anunciamos o evangelho para que destas práticas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar, e tudo quanto há neles; Este é um problema comum hoje em dia. As pessoas estão prontas para adorar homens de Deus que podem produzir sinais e maravilhas. Eles estão prontos para adorar os dons e talentos de homens de Deus. 

Apóstolos verdadeiros vão rasgar suas roupas. Nós não toleramos a idolatria de qualquer forma. O curador é Cristo. O libertador é Cristo. Precisamos urgentemente abandonar essa migração da idolatria para a Resplandecente Estrela da Manhã, o Rei de todos os reis Cristo Jesus. Nós somos o seu povo. Nós pertencemos a Ele. Somos um povo especial que pertence a Deus.

1 Pedro 2: 9 Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 10 vós que outrora nem éreis povo, e agora sois de Deus; vós que não tínheis alcançado misericórdia, e agora a tendes alcançado.  

Este é o ponto. Não devemos confundir nossa posição! Nossa autoridade espiritual na casa de Deus pertence a Deus. O pai eterno chama e envia um homem para cuidar e alimentar Suas ovelhas.

Números 27:15-17. Respondeu Moisés ao Senhor: 16 Que o senhor, Deus dos espíritos de toda a carne, ponha um homem sobre a congregação, 17 o qual saia diante deles e entre diante deles, e os faça sair e os faça entrar; para que a congregação do Senhor não seja como ovelhas que não têm pastor. As ovelhas não pertencem ao servo de Deus (o pastor)
As ovelhas pertencem ao Senhor.

As ovelhas são a Congregação do Senhor. O pastor cuida da ovelha como o homem estabelecido  da Congregação.
O pastor fornece supervisão espiritual para a Congregação do Senhor. Existem protocolos claros e éticos do Ministério do Reino para ovelhas (filhos da casa) que se desviam ou desaparecem.

Vamos começar no antigo testamento.

Deuteronômio 22:1-4. Se vires extraviado o boi ou a ovelha de teu irmão, não te desviarás deles; sem falta os reconduzirás a teu irmão. 2 E se teu irmão não estiver perto de ti ou não o conheceres, levá-los-ás para tua casa e ficarão contigo até que teu irmão os venha procurar; então lhes restiruirás. 3 Assim farás também com o seu jumento, bem como com as suas vestes, e com toda coisa que teu irmão tiver perdido e tu achares; não te poderás desviar deles. 4 Se vires o jumento ou o boi de teu irmão caídos no caminho, não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los.

Agora, aqui é a instrução de nosso Senhor e Rei Jesus Cristo no novo testamento… Cristo é o Senhor da igreja.

Mateus 5:22-24. Eu, porém, vos digo que todo aquele que irar se contra seu irmão, será réu de juízo; e quem disser a seu irmão: Você não vale nada, será réu diante do sinédrio; e quem lhe disser: Tolo, será réu do fogo do inferno. 23 Portanto, se estiveres apresentando a tua oferta no altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24 deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai conciliar-te primeiro com teu irmão, e depois vem apresentar a tua oferta.  

NÓS DEVEMOS FAZER AS PAZES COM O IRMÃO QUE É OFENDIDO.

Provérbios 18:19. um irmão ajudado pelo irmão é como uma cidade fortificada; é forte como os ferrolhos dum castelo.  

Esta é a sabedoria de Salomão. Será impossível para nós construirmos a Igreja na cidade se nós continuamente estamos ofendendo nossos irmãos. Temos de fazer paz com nossos irmãos rapidamente. As pazes com seu irmão é mais importante do que a sua oferenda a Deus. Isso é muito sério.

Estas são as escrituras que determinam o Código de Ética em nossa família.

1. Nós não incentivaremos as “ovelhas” (o filho do nosso irmão) a entrar em nossas casas. Se o filho / filha de um irmão visitou seu ministério sem o seu convite, você irá informar ao seu irmão que seu filho / filha visitou você. De acordo com as escrituras, devemos devolver o filho / filha imediatamente para o nosso irmão.

2. Estamos tentando construir a igreja na cidade. Estamos tentando construir com outros homens de Deus na cidade. Queremos inspirar a integridade e confiança no nosso modelo.

3. Se o pai de uma casa concorda em liberar seu filho / filha a seu irmão voluntariamente (sem qualquer intimidação ou provocação), de livre e espontânea vontade, então é possível que um filho / filha possa migrar.

4. Filhos / filhas migram da casa, porque eles querem escapar da disciplina / instrução do pai. Nós não toleramos / aprovamos / permitimos esse tipo de migração. A disciplina é necessária em todas as casas.

5. Todos os convites para eventos especiais ereuniões devem ser dada aos pais das casas. Isto demonstra um respeito pela autoridade espiritual. Você pode usar e-mails e redes sociais… Qualquer método, mas seu canal de comunicação deve ser correto.

Nós só comunicamos ao homem ESTABELICIDO da casa.

DIÁLOGO.

O Brasil tem enfrentado problemas por falta de ética. 

Este é um problema global. As lutas da igreja é porque amamos as pessoas; quando as pessoas vêm até nós os nossos corações são suaves em direção a elas.

É como a parábola do bom samaritano, quando vemos pessoas sofrendo nossa primeira resposta são ajudá-las; Quando eles estão bem, podemos enviá-los para casa.

 

O Brasil tem um problema sério guando falamos da verdadeira doutrina. Poucos líderes/pastores se preocupam em instruir o filho na verdadeira palavra. Um ditado bem conhecido aqui é que muitos pastores quando perdem um filho, pra eles não são filhos que saem, e sim dizimistas. 

Precisamos entender que os filhos são do Senhor. Quando damos disciplina aos nossos filhos, por mais que eles fiquem tristes na hora, logo verão em nós verdadeiros mestres e acima de tudo amigos que os levam a um lugar seguro em Deus!

 

Quando recebemos pessoas em nossa casa, vindo de outras casas, nessa posição precisamos saber qual o nível de disciplina que este filho apresenta rebeldia ou obediência? 

Somo instruídos na forte doutrina do odre PAI/FILHO.Não podemos apenas passar a mão na cabeça de nossos filhos a todo instante e dizer que são coitados.

Tem pessoas na igreja que não gostam de ser disciplinadas em área nenhuma…

Se foram rebeldes em uma casa,  serão um problema em outra casa. Serão problema para nós também! 

Esses filhos Procuram outras igrejas para massagear seus ego. Há muitas opções no Brasil.

Sim! procuram um local que seja “A cara” deles.

 

EXISTEM AQUELES TAMBÉM, QUE NUNCA FORAM FILHOS, SÓ PASSARAM UMA TEMPORADA EM NOSSAS CASAS, O VERDADEIRO FILHO, O PAI ESTABELECIDO O IDENTIFICA.

Estes são problemas comuns. Todos devemos falar a mesma coisa, o mesmo código de ética.

Pessoas deixando suas casas espirituais de forma imprecisa, rejeitando disciplina, nunca aceitam disciplina em outra casa espiritual. Temos que ensinar nossos filhos a receberem a correção. As pessoas que buscam conforto em vez de disciplina, nunca vão crescer espiritualmente.

Filhos não devem buscar conforto, a doutrina pai/filho traz abundância…

Hebreus. 10:10-11. Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade. 11  E, na verdade, toda correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas, depois, produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.

O PRINCÍPIO DA ÉTICA PAI/FILHO, É BENÇÃO PARA NOSSAS VIDAS E PARA NOSSAS CASAS. DEVEMOS OBEDECER ESTE PRINCÍPIO. 

É importante que nós possamos discernir as pessoas que tem a intenção de chegar em nossas casas. Eles devem ser ajudados, geralmente são pessoas fora da paz (sem paz).

Precisamos ter um espírito de responsabilidade e integridade do reino. Cada casa deve trabalhar firmemente e ver como está crescendo seu próprio vinhedo e comer do seu próprio fruto como a Bíblia declara em Isaías 65:21 crescente serão nossas casas através do trabalho árduo. O fruto que divide seu vinhedo são aqueles que se recusam a ser podados. 

A palavra precisa fazer efeito em nós.

Precisamos deixar que essa doutrina nos trate.

Essas éticas foram aceitas pelas famílias apostólicas.

 

O HOMEM DE DEUS PRECISA DISCENIR A SUA LOCALIZAÇÃO, SER CAPAZ NESSE TEMPO DE DISCERNIR A SUA LOCALIZAÇÃO.

O HOMEM ESPIRITUAL É CAPAZ DE DISCERNIR OS MOVIMENTOS NO REINO ESPIRITUAL COM GRANDE PRECISÃO. ESTA É A ÉPOCA DE GRANDES INSTRUÇÕES PARA A IGREJA DE CRISTO. É TEMPO DE APRENDER, SACRIFICAR, ORAR E ADORAR. 

Isais.2:2-4. No futuro, o monte do Templo do SENHOR será o mais alto de todos e ficará acima de todos os montes. Os povos de todas as nações irão correndo para lá 3 e dirão assim: “Vamos subir o monte do SENHOR, vamos ao Templo do Deus de Israel. Ele nos ensinará o que devemos fazer, e nós andaremos nos seus caminhos. Pois os ensinamentos do SENHOR vêm de Jerusalém; do monte Sião ele fala com o seu povo. 4 Deus será o juiz das nações, decidirá questões entre muitos povos. Eles transformarão as suas espadas em arados e as suas lanças, em foices. Nunca mais as nações farão guerra, nem se prepararão para batalhas.

Nada é mais importante que preservar a integridade da igreja (a esposa de Cristo).
O filho de seu irmão é “esposa” do seu irmão. É importante que venhamos tratá-la com dignidade e respeito.

SÓ A PALAVRA, CURA, SALVA E LIBERTA, QUANDO NOS DEIXAMOS SER TRATADOS POR ELA, E NÃO POR NOSSO PRÓPRIO CONHECIMENTO.

Esse assunto é para nós sabermos como estamos construindo nossas casas.

Perdemos muito tempo vendo os defeitos dos outros e muitas vezes percebemos que existem erros em nós. Quanto  a deixarmos os filhos irem. Se forem verdadeiros eles voltarão atrás daquilo que o pai tem para oferecer.

Lembre-se de que ninguém é perfeito. Estamos todos crescendo em Cristo todos os dias.
Estamos todos aprendendo verdades novas todos os dias.

Nem todos serão estabelecidos na montanha do SENHOR.

MAIS AQUELES DE NÓS QUE HABITAM NA MONTANHA DO SENHOR, SEREMOS PACIFICADORES. LEVAREMOS A MARCA DO PRINCIPE DA PAZ. JESUS CRISTO NOSSO SENHOR, ELE É A NOSSA MARCA.

A instrução para nós é destruir nossas espadas, lanças, arcos e martelos. Essas armas só trouxeram destruição, essas armas, hoje não precisamos mais delas. Estamos em outra temporada. O tempo de guerra acabou, estamos nos posicionando na montanha do SENHOR. ESTA É ÉPOCA DE GRANDES INSTRUÇÕES PARA A IGREJA DE CRISTO.
É TEMPO DE APRENDER, SACRIFICAR, ORAR E ADORAR. A instuçoes serão dadas no Monte do Senhor. 

Esta e a razão pela qual estamos aprendendo nesses estudos do ABC.

O Brasil é um celeiro de muitos filhos, eles só sofrem por verdadeira instruções.

Conforme envelhecemos, vamos procurar oportunidades de criar a paz através do amor de Cristo. 

Suportem as dificuldades, recebendo-as como disciplina; Deus os trata como filhos. Pois, qual o filho que não é disciplinado por seu pai?
Se vocês não são disciplinados!  A disciplina é para todos os filhos, então vocês não são filhos legítimos, mas sim ilegítimos.

Hebreus 12:7-8. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige? Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos.

Precisamos aplicar essas instruções em nós, para que a imagem do filho legítimo resplandeça!

Seremos vitoriosos. Vamos superar. Vamos mudar a cultura. Este é o mandato para a nossa geração.

Agradeçemos a Deus por fazer parte dessa geração que está sendo levantada para estabelecer esse padrão no Brasil.

É maravilhoso ver a ética através do escopo da Bíblia! A ética bíblica é o ponto que se deseja alcançar: ela é o nosso manual para ver o VERDADEIRO PADRÃO.

Esse padrão de pai e filho ensinado pelo Apóstolo Roy tem despertado no Brasil novas doutrinas no sentido que ele não é carnalidade e sim espiritual. O mandado é olhar para Cristo e seu Pai. O problema é que as pessoas vão para igreja com intenções no relacionamento carnal. Eu me lembro quando eu procurei o Apóstolo Roy, ele me falou que nosso relacionamento é só espiritual. O padrão é espiritual! No plano espiritual não há ofendidos. As perdas são para Cristo.

O verdadeiro pai, o verdadeiro homem estabelecido será amado pelo filho, será honrado pelo filho. Como pai temos que sempre estar olhando o prumo e o nível.  A grande avaliação é nossa.

Há muito trabalho a ser feito no Reino. Temos de usar bem o nosso tempo.

Deus ama ser uma família forte. Nada é mais importante para Deus do que ver-nos como Um, como o Pai, Filho e o Espírito é um. Esta foi a oração de Jesus… fazer-lhes Um.

Devemos ser forte em nossa jornada com Deus.

GRAÇA, PAZ, AMOR e RESPEITO.

 

José Pedro Amancio Filho.

COMUNIDADE BIBLICA VIVENDO COM CRISTO

Rua Sargento Borges, 196 – Chaperó – Itaguaí

Tels: 21 99398-6695 / 21 99182-8936

 

O prazer de ser crente !

 

CULTURA DE JUDAS

Palavra Para Uma Geração Sem Responsabilidade na Casa de Deus.

Os olhos da compaixão do Senhor me alcançou.

Eu era cego mas agora posso ver.

O Senhor me ouviu, e se compadeceu da minha situação.

Água do tanque de Siloé, Água do Espírito.

Quando somos enviados ao tanque e lavamos os olhos, tudo fica bem claro.

A Doutrina de Jesus tem que ser pura em nós.

Nós não temos que fazer mais sacrifício.

Obediência é o mandato da Palavra do Senhor.

A prática da Palavra é a Doutrina perfeita que deve se tornar a dinâmica da vida de todos que tiveram encontro com Cristo.

Obedecer os princípios da Palavra do Senhor, exime você de qualquer sacrifício que excede os mandamentos de Deus.

DOUTRINA MISTURADA.

Mt. 26:14-16. Então, um dos Doze, chamado Judas Iscariotes, dirigiu-se aos chefes dos sacerdotes e lhes perguntou: “O que me darão se eu o entregar a vocês?” E lhe fixaram o preço: trinta moedas de prata. Desse momento em diante Judas passou a procurar uma oportunidade para entregá-lo.

Cada discípulo tinha sua peculiaridade, tinha sua cultura pessoal.

Quando temos encontro com Cristo nossa cultura deve ser transformada.

Na igreja do Senhor deve ser ensinada a cultura de Deus.

A cultura de Judas era voltada para sua necessidade financeira, Judas estava no ministério com intenção de ganhar dinheiro. Judas amava mamom, que é o deus do dinheiro.

O ministério pessoal de Judas sofreu influência de misturas, suas visitações a outros ensinos complicaram mais a sua mente demoníaca.

Para Judas o dinheiro era melhor que os milagres.

Para Judas o dinheiro era melhor que a fé do povo.

A amor por dinheiro impediu Judas de seguir no ministério de Cristo.

Judas misturou a sua cultura com a Doutrina a qual Cristo estava ensinando.

O ministério de Judas foi um ministério de suicídio.

Temos que estar focado em Cristo, você não pode andar com dois senhores.

Judas ouvia Jesus e também ouvia os ensinamentos dos sacerdotes, Judas estava fascinado com palácios, roupas, poder e ser famoso.

A doutrina de Judas invalidou a Palavra de Jesus.

Judas é alguém que participa do ministério de Cristo, mas perdeu a paixão por Cristo.

Esse tem sido a vida de muitas pessoas dentro da igreja, apaixonados por musicas, por danças, por pregações, mas, sem amor pela casa do Senhor.

Quando você não pensa em fazer nada na Casa de Deus… Já se foi a Glória do Senhor.

Judas entregou Jesus, por que não esqueceu seus antigos ensinamentos.

Todos nós para seguir Cristo precisamos que abrir mão de alguma coisa.

Se não abrimos mão dos nossos desejos culturais vamos trair Cristo.

O que Cristo construiu em você?. A Doutrina deve ter uma solidez em sua vida. Você não pode estar falando com os principais dos sacerdotes.

Mt. 11:12. Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.

A FORÇA PARA SE APODERAR DO REINO DE DEUS.

Seu coração precisa mudar com a Força da Palavra.

Nossa formação é Apostólica Profética, somos muito sério em nossa aliança com Cristo. Nossa Fortaleza estar em praticar o Cristo que está formado em nós.

A casa de Deus deve ser um lugar de refúgio para a sua família.

Sua força vem quando você entrar pelas as portas da casa de Deu.

A família de Deus precisa se reunir na casa Dele… sua força está, quando você se reunir na mesa do pai com seus irmãos.

Para você que aceita Jesus como Salvador, está aliança representa forte vigor e desejo de salvação com um relaciona mais íntimo com Jesus.

Você não pode entrar na Casa de Deus com um coração comum, esse é um culto de se estar na Casa do Pai, Filho e Espírito Santo.

Todos conceitos sobre Pai/Filho e Espírito Santo devem ir além da mente, Judas não tinha ódio, e nem despreza Jesus, mas havia uma Raiz dentro dele.

Esse era o problema de Judas, raiz…

Os conceitos que matemos na mente são um perigo para a Doutrina da salvação em Cristo. Deus, quer uma reforma reforma sobre nós mesmos.

Os fariseus se tornaram medíocres em suas oposições ao ensino de Jesus, eles desapreciaram os conceitos do Reino. Eles indagavam Jesus sobre o Reino. Lc. 17:20. Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: Não vem o reino de Deus com visível aparência.

Os fariseus se recusaram aceitar Jesus como o Reino do Messias. O Reino de Deus está no meio de nós, perfeitamente o Reino de Deus está em nós.

Os fariseus esperam pelo Reino, muitas pessoas estão dentro da igreja mas não esperam o Reino, elas esperam benção matérias não o Reino, outras pensam que o Reino é comida ou bebida.

Romanos 14:17. Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

Nestes tempos encontramos muitos crentes sem entusiamo vivendo indiferente ao relacionamento com Jesus. Eles não conseguem ser percebidos como filhos de Deus. Estão apagados por seus próprios comportamentos diante do ideal que Deus tem preparado para eles. Esqueceram que foram chamados para guiar cegos, mas anda como nada enxergam.

A reforma de nossas vidas é pela revelação da Palavra de Deus, nessa temporada Judas não precisará de se em forcar, a mensagem de relacionamento é para impedir você de ser um parceiro fingido na Casa do Senhor.

Nosso amor verdadeiro por Jesus deve iluminar as Raizes.

O Reino de Deus deve ser uma raiz forte dentro de nós.

O Odre Pai/Filho e Espírito Santo deve ser a fortaleza das nossas raizes.

Somos parceiros de Deus na construção de Seu Reino no coração de todos que aceitarem Jesus como seu Salvador.

Jo. 1:12-13. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

Nossa mensagem Profética é firmar o Reino de Deus na sua vida dos filhos.

Se você aceitou Jesus, deixa o Poder do Reino operar em você. A casa de Deus nesta temporada é o tanque de Siloé, essa palavra deve limpar os seus olhos. Jesus te enviou nesse dia a se posicionar e abandonar a capa que têm alimentado sua cegueira.

Nesta temporada Jesus nos ensinou a lhe dar com a cultura de Judas.

A doutrina do Odre Pai/Filho está eliminando todas as oportunidades de Judas.

Judas não é um irmão ou um homem, é um espírito que atua no mundo querendo impedir o Reino de Deus avançar em nós mesmo.

O dinheiro não pode ser melhor o milagre da vida do crente.

O dinheiro não pode a melhor fé, na vida daquele que recebeu a salvação.

A amor por dinheiro pode impedir voce de seguir no ministério de Cristo.

Você não pode misturar sua cultura com a Doutrina de Cristo, a cultura de Jesus é a cultura de Deus. O ministério de Judas foi um ministério de suicídio, tem muitas pessoas morrendo por causa da Palavra.

Hoje você está recebendo entendimento como deve viver o Reino de Deus que está dentro de você.

Responsabilidade, envolvimento e relacionamento de fidelidade com o homem estabelecido elimina a doutrina de Judas na casa do Senhor.

Amém!