COMENTÁRIOS DA MIGRAÇÃO DO ABC.

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO DE MIGRAÇÃO.

O LUGAR EM QUE VOCÊ ESTÁ É QUASE COMO VOCÊ É.

Deus arrumou um lugar para colocar o homem. Antes de fazer o homem.

O lugar que você vive tem que haver um cuidado de você para que haja crescimento.

A conexão deve ser perfeita com quem você vive. Temos que ter fidelidade para a conexão.

O resultado é próspero quando mantém a qualidade da fidelidade.

O que vivemos tem que ter crescimento, se não há crescimento deve cortar e lançar fora.

Migração é sair de um ponto para outro ponto…

Jesus passou por Samaria. Nada de especial Havia em Samaria. Jesus mudou sua rota por causa de uma mulher.

Jonas mudou sua própria rota. O profeta novo mudou a sua própria rota.

Você não pode mudar a sua própria rota. Você não é Jesus. Jesus não rebelou contra o Seu Pai, Jesus guiado por Espírito Santo. Nosso lugar pode mudar para o bem ou para o mal.

MATURIDADE NA MIGRAÇÃO.

1) A Expressão da Maturidade.Maturidade é a habilidade de controlar a ira e resolver as discrepâncias sem violência ou destruição. 

QUANDO VOCÊ ESTÁ IRADO TUDO ACABA MAL.

SL. 37:8. Evite a ira e rejeite a fúria; não se irrite: isso só leva ao mal.

AS COISAS POSITIVAS E NEGATIVAS FAZ NÓS DECLARAR NOSSOS SENTIMENTOS, ISSO TOCA NA NA BASE DA NOSSA PERSONALIDADE. O CRENTE MATURO ESPERA, CONFIA, E DESCANSA NO SENHOR, AS EXORTAÇÕES DEVEM NÓS PROPOCIONAR O BEM, PORQUE CONHECEMOS BEM QUE A DESTRUIÇÃO AGUARDA O IMPIO.

Irá é raiva, nela está o orgulho, crueldade, a malícia, blasfêmia, o clamor da má língua, desavença e contendas e palavras pesadas atiçam-na e a irá traz sua própria punição.

Pv 14:17. O que se presta a irá faz loucuras.Maturidade é paciência; é a vontade de deixar para depois o prazer imediato em favor de um benefício a longo prazo. 

Ec 7:8. O fim das coisas é melhor queo seu início, e o paciente é melhor que o orgulhoso.

A Paciência aprova todos aqueles que estão a frente de trabalho, com a paciência vem a fé, piedade, temperança, longanimidade, alegria. Paciência é muito mais que a tolerância, a paciência nos leva a soberania.

Maturidade é perseverança; é a habilidade de levar os projeto apesar adiante mesmo sobre forte oposição. Retrocessos são decepcionantes.

Tg. 1:4. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.

Perseverança é a prova prolongada, é a constância, é o remediar da paciência que está ligada a sabedoria. Esperei com paciência no Senhor…Maturidade é a capacidade de encarar desgostos e frustrações e derrotas sem queixa nem abatimento. Maturidade é humildade; é ser suficientemente grande para dizer me enganei, sinto muito, desculpa, e mesmo quando está correto, não necessita experimentar a satisfação de dizer: “bem que te falei!” quando outras erram.Maturidade é a capacidade de tomar uma decisão e mantê-la; os imaturos passam suas vidas explorando possibilidades, para no fim nada fazerem. Maturidade significa confiabilidade: manter a própria palavra, superar a crise; os imaturos são os mestres da desculpa, são os confusos e desorganizados; suas vidas são uma mistura de promessas quebradas, amigos perdidos, negócios sem terminar e boas intenções que nunca se convertem em realidade. 

Maturidade: é a capacidade de assumir responsabilidades e conseguir atingir o resultado esperado.  Maturidade: é conviver em paz, e principalmente amar e respeitar o proximo independentemente dos seus defeitos. Maturidade é a arte de viver em paz com o que é impossível mudar.DEFINIÇÃO.

Maturidade é a capacidade de julgamento, prudência ou sensatez; é o estado de espírito no seu culminar; e a idade da pessoa que tenha alcançado a sua plenitude vital sem necessariamente ter chegado à velhice. Maturidade é o estado evolutivo no qual nos tornamos mais competentes para lidar com as dificuldades da vida.

DESENVOLVIMENTO BÍBLICO PARA A MUTURIDADE ESPIRITUAL.

1) – Graça e Conhecimento.

2 Pe. 3:18. Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém.

Exemplo de Graça.

“Graça” é o exercício de bondade e generosidade que independe do merecimento ou pagamento. A “Graça” é livre do desejo de qualquer recompensa. “Graça” é aquela bondade pura, que brota do fundo da alma, é aquela generosidade que não se manifesta por causa de segundas intensões ou por causa da vaidade, Graça é aquela demonstração de amor puro, é a demostração absolutamente sincera de carinho cuidado e afeto.

Deus é apresentado como a fonte da “Graça” isso porque o amor que Ele demonstra é puro, e isto fica evidente na pessoa de Jesus Cristo,

Exemplos de Crescimento.

A busca do bem estar íntimo, do crescimento pessoal é legítimo, é válido, mas não deve ser o principal ou único objetivo do ser humano. O ser humano precisa alcançar o bem estar do espírito.

O desenvolvimento espiritual deve beneficiar as pessoas do nosso relacionamento, você precisa aplicar o conhecimento que recebeu na vida das outras pessoas.

O crescimento espiritual é o processo pelo qual nos tornamos mais e mais como Jesus Cristo. Quando colocamos a nossa fé em Jesus, o Espírito Santo inicia o processo de nos tornar mais parecidos com Jesus, conforme à Sua imagem. 

2 Pe. 1:3-8. Seu divino poder nos deu tudo de que necessitamos para a vida e para a piedade, por meio do pleno conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude. Dessa maneira, ele nos deu as suas grandiosas e preciosas promessas, para que por elas vocês se tornassem participantes da natureza divina e fugissem da corrupção que há no mundo, causada pela cobiça.

Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento o domínio próp rio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade; à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor. Porque, se essas qualidades existirem e estiverem crescendo em sua vida, elas impedirão que vocês, no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, sejam inoperantes e improdutivos.

Samuel – 1 Sm. 2:26. E o menino Samuel continuava a crescer, sendo cada vez mais estimado pelo Senhor e pelo povo.

João Batista – Lc. 1:80. E o menino crescia e se fortalecia em espírito; e viveu no deserto, até aparecer publicamente a Israel.

Jesus – Lc. 2: 40, 52. O menino crescia e se fortalecia, enchendo-se de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele. 52, Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens.

NOTA.

Deus se manifesta nas relações pessoais, a doutrina é de responsabilidade pessoal, há estágios de desenvolvimento em cada período da nossa vida. Na migração precisa você tem que se posicionar, fisicamente, mentalmente, moralmente e espiritualmente. Migração precisa exige muitos cuidados, são muitas exigências, muitos protocolos a serem cumprido para uma perfeita caminha com Deus.

2 – MATURIDADE ESPIRITUAL.

Como é Obtida.

A) Rejeitando as Coisas infantis.

1 Co. 13:11. Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.

B) Cultivando o Entendimento.

1 Co. 14:20. Irmãos, deixem de pensar como crianças. Com respeito ao mal, sejam crianças; mas, quanto ao modo de pensar, sejam adultos.

C) Perseguindo o Ideal Como Crente.

Ef. 4:13. Até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.

D) Participando Das Verdades Mais Profundas do Evangelho.

Hb. 5:14. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.

Na migração precisa sua caminhada é de um desenvolvimento aprofundado, sua natureza humana será controlada pelo o Espírito Santo. O seu aperfeiçoamento está na prática da Palavra de de Deus, isso quer dizer que sua migração está perfeita. O resultado da maturidade está na firmeza da doutrina verdadeira que os apóstolos estão ensinando.

IMATURIDADE ESPIRITUAL.

Imaturo é todo aquele que não tem conhecimento profundo das Escrituras Sagradas: Não conhece bem a Bíblia, Não sabe julgar as coisas espirituais corretamente por causa de sua ignorância. Esses são os motivos que levam a imaturidade espiritual. O principal motivo de muitos crentes serem imaturos na fé, se deve a má nutrição espiritual, isto é, alimentação inadequada ou insuficiente. Muitos dos abortos da migração é achar que já sabe quando nunca estudaram o campo da Alimentação. (Não conhecem a Verdadeira Doutrina).

A Imaturidade Espiritual, é a incapacidade de absolver Doutrina pesada.

1 Co. 3:1-3. Irmãos, não lhes pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a crianças em Cristo. Dei-lhes leite, e não alimento sólido, pois vocês não estavam em condições de recebê-lo. De fato, vocês ainda não estão em condições, porque ainda são carnais. Porque, visto que há inveja e divisão entre vocês, não estão sendo carnais e agindo como mundanos?

O Imaturo Precisa de Tutela. Gl. 4:1-3. Digo porém que, enquanto o herdeiro é menor de idade, em nada difere de um escravo, embora seja dono de tudo. No entanto, ele está sujeito a guardiães e administradores até o tempo determinado por seu pai. Assim também nós, quando éramos menores, estávamos escravizados aos princípios elementares do mundo.

O Imaturo Não Tem Estabilidade na fé.

Ef. 4:14. O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.

O Imaturo Nunca Deixará o Departamento Infatil.

Hb. 5:12. Embora a esta altura já devessem ser mestres, vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus. Estão precisando de leite, e não de alimento

sólido!

A imaturidade espiritual causa na igreja: divisões; desordens; infiltrações de heresias; estagnação da vida . A imaturidade espiritual conduz o crente a ausência de disciplina, e a atolerar a imoralidade.

PROGRESSO ESPIRITUAL.

O ensino da Migração deve trazer para você um elevado progresso espiritual.

Sl. 84:7. Prosseguem o caminho de força em força, até que cada um se apresente a Deus em Sião.

Nossa caminhada tem um destino… temos que estar no lugar perfeito… força, força, até o lugar de Descanso… Este lugar é no Senhor…

CINCO SINAIS DA IMATURIDADE.

1º NÃO PODE COMER COMIDA SOLIDA.

2  CRENTE QUE SE OFENDE COM FACILIDADE.

3º CIUMES E CONTENDAS.

4º FALTA DE HUMIDADE.

5º VIVER SOBRE OS PADRÕES HUMANOS.

SUDEZ ESPIRITUAL.

Isaías. 6:8-10. Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: “Quem enviarei? Quem irá por nós?”

E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me! Ele disse: “Vá, e diga a este povo: “Estejam sempre ouvindo, mas nunca entendam; estejam sempre vendo, e jamais percebam. Torne insensível o coração deste povo; torne surdos os seus ouvidos e feche os seus olhos. Que eles não vejam com os olhos, não ouçam com os ouvidos, e não entendam com o coração, para que não se convertam e sejam curados”.

Nota P.A.

Para você se famializar-se com a Palavra de Deus, é preciso estar sempre na casa do Senhor com regularidade. O comando para a migração vem dos estudos bíblicos na Escola de Reforma. O estudo da Palavra de Deus irá demovê-los do comodismo irresponsável.

Ez. 12:2. “Filho do homem, você vive no meio de uma nação rebelde. Eles têm olhos para ver, mas não vêem, e ouvidos para ouvir, mas não ouvem, pois são uma nação rebelde.

É muito triste saber se em nosso meio há pessoas sem percepção espiritual para entender a Doutrina da migração. Eu afirmo que isso é uma Surdez Espiritual, é uma Cegueira Espiritual.

Você não pode deliberadamente negar escutar a voz de Deus, para uma mudança melhor.

Este ensino é uma movimentação de uma lugar para outro.

A Babilônia levou Israel cativo por rejeitaram a Voz de Deus. Israel foi rebelde a ouvir a voz do profeta. Eles foram conquistados pelos os Babilônicos.

Esse é o mesmo tempo, Jesus está falando a nossa igreja. Nós precisamos de conhecimentos mais profundos a cerca da vontade de Deus. Os encredulos e os rebeldes ficam cada vez mais endurecidos nesta caminhada.

Mt. 13:14,15. Neles se cumpre a profecia de Isaías: “ ‘Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão. Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos, ouvir com os ouvidos, entender com o coração e converter-se, e eu os curaria’.

Esse é também o tempo que os apóstolos estão dizendo a mesma profecia. Apóstolo Paulo falou:

At. 28:24-27. Alguns foram convencidos pelo que ele dizia, mas outros não creram. Discordaram entre si mesmos e começaram a ir embora, depois de Paulo ter feito esta declaração final: “Bem que o Espírito Santo falou aos seus antepassados, por meio do profeta Isaías: “ ‘Vá a este povo e diga: Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão. Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos. Se assim não fosse, poderiam ver com os olhos, ouvir com os ouvidos, entender com o coração e converter-se, e eu os curaria’.

A mesma inspiração do Espírito Santo para esse tempo, Deus usa a sua Palavra para corrigir a rejeição. Isaías, Ezequiel, Jesus e ap. Paulo, estão corrigindo os conceitos errados da doutrina. Jesus é a Doutrina Verdadeira. Nossa exposição na Migração é Jesus Cristo, a salvação do mundo.

2 Tm. 4:4,5. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos.

Nosso conselho é para você se manter na disciplina do Senhor, e evitar as doutrinas falsas. Migração envolve expo Cristo e promover a Verdade.

A nossa casa tem ótimos exemplos corretos da migração. Nossos filhos não podem se perder essa caminhada peregrinar para Sião (Cristo).

COM O FOCO TOTALMENTE ERRADO.

FOGO TOTALMENTE ERRADO.

Na Casa do Senhor, mas com o foco totalmente errado.

Na casa de Deus, mas com a inveja das pessoas que prosperam indevidamente.

Sl. 73:1-17. Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo. Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos. Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos. Para eles não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio. Não partilham das canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens. Daí, a soberba que os cinge como um colar, e a violência que os envolve como manto. Os olhos saltam-lhes da gordura; do coração brotam-lhes fantasias. Motejam e falam maliciosamente; da opressão falam com altivez. Contra os céus desandam a boca, e a sua língua percorre a terra. Por isso, o seu povo se volta para eles e os tem por fonte de que bebe a largos sorvos. E diz: Como sabe Deus? Acaso, há conhecimento no Altíssimo? Eis que são estes os ímpios; e, sempre tranquilos, aumentam suas riquezas. Com efeito, inutilmente conservei puro o coração e lavei as mãos na inocência. Pois de contínuo sou afligido e cada manhã, castigado. Se eu pensara em falar tais palavras, já aí teria traído a geração de teus filhos. Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim; até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles.

Nota PA.

Neste Salmo devemos aprender a mesma lição do autor deste salmo de que Deus é Bom. É dever trazer luz ao intendimento da verdade para aprendemos da Palavra do Senhor. Muitas das vezes estamos a declarar a bondade de Deus, mas sofrendo por ver pessoas infieis se dando bem na vida.

Muitas pessoas foram vencidas pela tentação, não ficaram firmes na verdade sobre prosperidade. Essas pessoas se afastaram da verdade sem peso na consciência, elas também tornaram arrogantes e presunçosas como os ímpios.

Muitos problemas são causados por nos mesmo, por causa da nossa própria inveja.

Enfrentamos muitos problemas em nossas vidas por causa de ciúmes, isso é um defeito pessoal. Todos temos que lhe dar com esses sentimentos todos os dias. A diferença é Cristo em nós, mas quem vai ter atitude de não sofrer com esses sentimentos é você que já recebeu Jesus como seus salvador. Todos os dias o pecado vem! É você que rejeita.

Neste salmo fica claro que precisamos entender o foco espiritual correto para viver uma vida perfeita na vontade de Deus.

Muitos dos questionamento do salmista aparecerem por causa de se concentrar em seu próximo, em não se concentrar em Deus. Fica claro que nenhum ímpio é privilegiado por Deus. Eles podem possuir a maior parte de conforto nesta vida, mas os crentes devem gozar da presença de Deus.

Há um hábito muito comum no mundo, não importa se são crentes ou não, pessoas estão sempre analisando e se concentrando na vida do próximo, e esquecem a vida deles.

Pessoas estão sempre comparando suas conquistas, riquezas, amizades, personalidades, fraquezas e até seus pecados. Muitos estão se avaliando pelo os erros de outros, estão se comparando por menos pecados, suas réguas de medição não é mais a Palavra de Deus.

Afinal os defeitos dos outros estão sempre elhes ajudando esconder os seus próprios defeitos.

Assim é o que o salmista estava se sentindo, os maus prosperam injustamente e não são castigados, desprezam a Deus, isso o levou a lamentar a sua situação, ele julga que Deus está sendo injusto com ele.

Quantos crentes tem esse pensamento? Estão sempre reclamando da prosperidade alhei. Seus focos tem contaminado a visão perfeita de se focar em Jesus Cristo.

A realidade porém é essa, as crises espirituais surgem justamente em virtude de errar o foco do olhar. Crente não pode concentrar nos outros. Quando você concentra nos outros você diminuiu a imagem do que se tem do Senhor. Deus fica pequeno para você e o seu próximo vira um gigante!

Quem observa os impios, também deve observar que eles prosperam em impiedade. As aflições do justo é por ser justo. As perdas do povo de Deus, é por serem corretos, por viver de acordo com a perfeita vontade do Deus. Quando Cristo tiver totalmente formado em você, as perdas desaparece, não haverá mais perdas. Jesus é o nosso selo, nossa validade eterna.

É preciso mudar o foco, você precisa olhar para a nutureza de Deus. Trazer em memórias os inúmeros presentes que Ele, lhe deu, pequenos e grandes, e a virtude do amor Dele em Jesus Cristo. Transportando você das treva para o Reino da luz Dele.

A prosperidade dos ímpios é curta, incertas, vivem iminentemente em posições escorregadias. Não os tomem como bem aventurados, seus florescimentos são por algum tempo, logo perecerão para sempre.

Suas perspectivas precisam começar a mudar, como mudou a do salmista.

Na minha visão pessoal, vejo que há muitas pessoas se revoltadando contra Deus, acusando as outras pessoas de lhe causarem problemas, atribuindo suas dificuldades pessoais, abandono, injustiça, traições e muitos outros males a outrens. O Salmista nos dá um ótimo exemplo a reconhecer que suas crises tem um único culpado você mesmo. Nao transfere suas decepções para o seu próximo. Olhe para você, permita Deus te sondar.

Sl. 73:28. Quanto a mim, bom é estar junto a Deus;

O salmista reconheceu que Deus é sobre todas as coisas.

Sua procura termina, quando você se focar em Deus.

Em nossa vida espiritual, o foco certo é deixar que Deus olhe dentro de nós, e nos mostre o que Ele está vendo. As cenas não serão boas ou bonitas, mas é assimmesmo que começa a cura do Senhor em nós. Deixe se levar a mesma conclusão que o salmista teve. Para mim bom estar na casa de Deus, perto de Deus. Ver os defeitos do próximo não te leva a nada, encarar as nossas mazelas, é o começo para que Deus nos transforme.

Na casa do Senhor a doutrina de Cristo muda os nossos maus pensamentos sobre o nosso próximo.

Estudando esse salmo, você não pode ser picado pela serpente. Nosso espírito precisa nos levar a rebaixar diante do Senhor. Humildade para reconhecer que muitas das vezes a inveja nos sonda. O fruto do Éden foi um desgosto para Adão. O espinho na carne de Adão foi de não tratar os seus sentimentos pelo fruto proibido.

Precisamos exprimir nossos sentimento para o céu, com um coração devoto com relação a Deus.

Deus é a felicidade do crente, Deus é a fortaleza, a porção dos nossos corações, Quem você tem além Dele?

IGREJA DOBRADA – MENTE DANIFICADA.

A CRUZ VISTA DE CABEÇA PARA BAIXO DENOTA UMA MENTE DANIFICADA UMA IGREJA DOBRADA.

Lucas. 13:10-12. Ora, ensinava Jesus no sábado numa das sinagogas. E veio ali uma mulher possessa de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, sem de modo algum poder endireitar-se. Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade;

Algumas Percepções de Uma Mente Dobrada Para Baixo:

A mente dobrada exalta mais a experiência e as tradições que Palavra de Deus.

Uma mente danificada usará figuras e objetos como símbolos espirituais.

Mente danificada espiritualizam portas e janelas com azeite, coloca água no copo para ser abençoado, pede oração para chave, é unge roupas para se libertar, classifica o monte o jejum e despreza o conhecimento da Palavra. Gosta de introduzir modismo e inovação na casa do senhor com pretexto de se ver bem sucedido perante os homens.

A igreja com mente danificada recebe revelação fora da inspiração divina, ela é norteado por sonhos e visões sem lógica na Palavra de Deus.

Jessé viu um jovem pastor, Deus viu um rei.

Gideão viu-se como um covarde, Deus o viu como um homem valoroso.

Todo mundo viu o filho de Maria, João viu O Cordeiro de Deus.

1 Corintios 1:18. Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.

Uma igreja curvada enxergará Cruz, pelo final. Verdade para esta igreja começa ao contrário da Cruz. Esta igreja não verá a mente de Jesus, sua visão está contrário, sua verdade está contrário ao conhecimento de Deus. Esta igreja tem dificuldade em lhe dar com o sentido das Verdades da Cruz. 

A visão do mundo é física e está baseada em razão lógica. A visão física é material, e por ela vem as tentações. A condição espiritual desta igreja nao poderá ser elevado a medida correta da cruz porque seus olhos estão olhos estão feitos na terra.

Tudo que é terreno é físicos, e são cobiçosos.

Mt. 6:22-23. São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!

Os olhos espirituais são os olhos da fé e do entendimento, enquanto que os olhos físicos são os do sentimento e da emoção.

.Os objetivos, as intenções e o entendimento passam pelo olhos. A visão  da mulher curvada estava totalmente fora do foco da Cruz. Na sua posição não poderia ver Jesus perfeitamente na Cruz. Seus olhos não poderiam mirar perfeitamente os objetivos de Deus.

A igreja deformada tem visão contrária do que correto e certo. Está mulher não consegue ver o lada certo das coisas. Sua posição de cabeça para baixo, não entenderá o sentido da Cruz. Essa igreja terá problema com o colírio espiritual, a sua patologia médica indica uma operação espiritual urgente.

Crente que têm olhos saudáveis vêem somente uma imagem. e é orientado por um só propósito de ver as coisas espirituais perfeitamente.

Muitos crentes enxergam a Cruz com ilusão de ótica, estão vendo coisas que não estão presentes e teem percepção das coisas de forma errada. A ilusão de ótica é um sistema de engano a vida espiritual.

O crente que vê a vida com os olhos da natureza humana vive desorientado acredita em tudo que vê, isso é cegueira espiritual. Jesus é a cura, Jesus quer curar sua igreja em posição de alto, fora do fundamentalismo místico e de guias que se baseam em estratégia espirituais com um evangelho de compreensão emocional.

O TESTE DO PÃO.

O Teste do Pão.

Juízes 7:13-14. Gideão chegou bem no momento em que um homem estava contando seu sonho a um amigo. “Tive um sonho”, dizia ele. “Um pão de cevada vinha rolando dentro do acampamento midianita, e atingiu a tenda com tanta força que ela tombou e se desmontou”. Seu amigo respondeu: “Não pode ser outra coisa senão a espada de Gideão, filho de Joás, o israelita. Deus entregou os midianitas e todo o acampamento nas mãos dele”. (NVI)Alguém do acampamento do inimigo viu um pão destruindo o acampamento dos midianitas. Note, ele não viu 300 pães. Este pão foi equivalente a espada de Gideão. Deus já havia prometido para Gideão que ele iria derrotar o midianitas como um só homem.

Comentário: William Amancio.

Note que na visão do inimigo o pão (Palavra) estava rolando, a rolagem do pão significou a Palavra de Deus em movimento. O movimento do pão cevado é fazer fortes os fracos. A prática da Palavra do Senhor torna Cristo forte dentro do crente. O que destrói o inimigo é a Palavra de Deus em nós.

Oração, jejum se tornarão religiosidade místicas sem a dinâmica perfeita da Palavra de Deus. Sem a prática da Palavra, sem vitória.

Nesse tempo nosso inimigo é a nossa própria visão, de olhar o Monte e não ver o Pão Cevado.

(Juízes 6:16) “Eu estarei com você”, respondeu o Senhor, “e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem”. (NVI)Isso não significa que Gideão estava indo para fazê-lo por conta própria. Este pão foi equivalente a espada de Gideão, que por sua vez era equivalente a Gideão e seus 300 homens. Se quisermos ser poderosos, o princípio do pão (Cristo) deve ser conscientizado em nossas vidas.

Comentários: William Amancio.

Assim somos nós no corpo de Cristo quando equalizado pela voz de envio. A equalização de se ouvir, falar e praticar a mesma Palavra, é a nossa força do Senhor que nos tornará forte no corpo de Cristo.(1 Coríntios 10:17) Por haver um único pão, nós, que somos muitos, somos um só corpo, pois todos participamos de um único pão.(NVI)A geração que não tem medo, impulsionada por propósito e acesso a Palavra de Deus de forma rápida deve funcionar na unidade como um pão. Observe que não foi o que reuniu 32 mil que era um pão, mas Gideão e seus 300 homens.

Comentários: William Amancio

O exército de Gideão era formado por homens de fileira, homens com espírito para submeterem a graça do homem de Deus. Homens capacitados em qualidades para se tornar um só com o homem estabelecido.

O exército de Gideão figura uma igreja forte em obediência, treinada para enfrentar circunstânciasa adversas. Na visão de midianitas a igreja de Gideão era alimentada pelo pão cevado. O Pão significa Cristo – Jo. 6:51. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne.

A sobrevivência dos filhos de Deus é ser alimentado pela a Palavra de Deus.

A Palavra de Deus é fortaleza, crentes fortes são forjados pela prática da Palavra de Deus.

Comentários: Ap. Pedro Amancio.

O pão de cevada era a principal alimentação das classes mais pobres. A cevada era de crescimento rápido, o seu amadurecimento mais rápido do que o trigo. Os Midianitas haviam afrontados a moral de Israel, eles vinham como gafanhotos as plantações dos filhos de Deus. A Doutrina só tem valor para quem lhe dá a honra.Você pode comer do Pão e não saciar a sua fome.

Assim eram os Midianitas, eles comiam do Pão, mas não plantavam, eles não davam valor a semeadura. Suas barrigas estavam inchadas com o orgulho de pisar a plantação do duro trabalho dos filhos de Deus.O modelo do pão de cevada é para quem tem pressa de matar a fome.Esse Pão é para que tem sede de justiça. Quando somos afrontados esperamos que Deus tome nossas causas e suas mãos.Cevada tem haver com reparação…Cevada é aceita como oferta para reparação moral.Deus reparou a moral de Gideão e seus soldados.

Comentrios: William Amancio.

Grandes igrejas não dão glórias a Deus, no meio delas há muitos homens sem compromissos com Deus. Somente a Graça do Senhor é capaz de fazer a separação.

Deus fez separação de 32.000. As vitórias do Senhor não são por quantidades, mas por qualidade. A big igreja de Gideão precisou passar pela equalização da Palavra do Senhor, nem todos os crentes da igreja estão no mesmo Espírito. O pastor precisa aplicar a Doutrina Verdadeira de Cristo, para que os espíritos de medo, soberba, desobediência, incredulidade, altivez, acomodação e religioso saiam do meios daqueles que servem o Senhor em espírito e verdade.

O exército de Gideão só chegou a equalização perfeita quando foram testados pela Palavra!. A verdadeira igreja do Senhor é testada por viver da Palavra.

Comentários: Ap. Pedro Amancio

Obs: No tempo de paz se constrói, no tempo de guerra se aplica a Palavra.Cristo é para nós o Pão Cevado, o comer do Pão eliminou as distinções sociais, o povo tornou-se um só, a comunhão produziu a unidade para serem um Homem só em Cristo como foi os soldados por Gideão.Gideão soube discernir a visão no campo do inimigo.

Comentários: William Amancio.

A garantia do Crente está na Palavra de Deus, vemos isso no sonho que aquele homem teve, de um pão cevado rolando e derrubando a cabana, a única garantia que temos da vitória é quando vivemos a Palavra perfeitamente.

O Espirito do Senhor nos fará discernir as coisas em qualquer ambiente mesmo na presença do inimigo. O pão de cevada simbolizava o exército humilde de Gideão.A Palavra é clara quando diz sobre exaltação…Deus exaltou Gideão e seu exército de 300, diante dos 132.000 soldados dos Midianitas. Os 300 membros da igreja de Gideão mostrou maturidade ao passar pelo teste da Revelação de Reforma da Palavra de Deus.

O pão cevado é como um boi cevado.Você não pode desprezar o que Deus consagrou.O pão cevado mata a fome, a pão cevado é tão importante como o pão de trigo, ele fortalece os mais fraco, os humildes comem do pão cevado…Os soldados de Gideão, foram como os soldados e Davi, se tornaram homens fortes com um só coração em Gideão.

1 Crônicas 12:22. Porque, naquele tempo, dia após dia, vinham a Davi para o ajudar, até que se fez um grande exército, como exército de Deus.

Ainda que o pão asmo fosse feito da farinha de trigo, a cevada também estava no meio das festas de Israel.

Cristo é o Pão dos ricos e também dos pobres.

O Molho movido. Lv 23:10. Fala aos filhos de Israel e dize-lhes: Quando entrardes na terra, que vos dou, e segardes a sua messe, então, trareis um molho das primícias da vossa messe ao sacerdote;Os primeiros frutos da sega era referente a primícia da cevada (festa das primícias) o sacerdote levantava o molho de cevada sobre o povo na congregação.O exército de Gideão celebrou a vitória pela visão do pão de cevada.O pão de cevada é comida para os crentes humildes… Em tempo de amargura não despreze o pão de cevada. Noemi e Rute, retornaram para Belém no tempo da colheita da cevada.Rt. 1:20-22. Porém ela lhes dizia: Não me chameis Noemi; chamai-me Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso. Ditosa eu parti, porém o SENHOR me fez voltar pobre; por que, pois, me chamareis Noemi, visto que o SENHOR se manifestou contra mim e o Todo-Poderoso me tem afligido? Assim, voltou Noemi da terra de Moabe, com Rute, sua nora, a moabita; e chegaram a Belém no princípio da sega da cevada.Porque depois do pão de cevada era tempo do pão de trigo ser servido. Cristo está representado nós dois pães. Ele é o Pão que desceu do Céu. Amém!Pão de milho e Pão cevado é como o Pai e o Filho, representam a mesma Doutrina.

Amém!

CONEXÃO COM A FINALIDADE APOSTÓLICA.

Conexão Com a Finalidade Apostólica.

(Ezequiel 2:3) Ele disse: “Filho do homem, vou enviá-lo aos israelitas, nação rebelde que se revoltou contra mim; até hoje eles e os seus antepassados têm se revoltado contra mim.

Ezequiel era um enviado. Sua unção é apostólica. Há um reconhecimento claro do mandato divino, um grupo de pessoas, mensagem divina, capacitação divina e responsabilidade divina.

Nota PA.

Ezequiel um profeta levantados por Deus para poder profetizar na época do exílio do povo judeu na Babilônia. Ezequiel é enviado com uma mensagem de Deus para os filhos de Israel. A vocação profética irá falar somente as Palavra que Deus mandou falar.

O enviado tem um mandato que não é seu, seu envio é de representar aquele que o enviou.

João 6:57. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai, também quem de mim se alimenta por mim viverá.

No contexto histórico e espiritual ser apostólico é representar tudo aquilo que o Pai é. A igreja é a representação do Reino de Deus.

O processo da validação apostólica é você entender que antes de você ser qualquer coisa, você é filho de Deus. Tanto Ezequiel como Jesus validaram seus envios. Nossas preocupações deve ser às preocupações de cumprir o mandato de envio do Pai. Seu pai vai te suprir em tudo quando você for fiel na sua Doutrina.

A demanda da unção profética nesta temporada é de declarar a mente de Deus. A mente de Deus e do Seu Cristo se revela através da Sua Palavra. Cada crente e líder deve submeter-se a Palavra de Deus. Nenhum líder está acima da Palavra de Deus. Quando profetizar, devemos profetizar de Sua Palavra. Profetas não devem profetizar tradições e filosofias dos homens.

O profeta deve se encher da Palavra de Deus, pois se esvaziar para mudar o semblante das pessoas. A palavra de Deus irá tirar o desânimo das pessoas, a Palavra de Deus é a grande reforma para a vidas das pessoas. O profeta é enviado para conectar as pessoas a Jesus, não aos presentinhos.

A Unção Profética não respeita às opiniões humanas.

Ez. 2:7. Mas tu lhes dirás as minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir, pois são rebeldes.

A unção Apostólica Profética não tem medo das reações humanas. O apostólico representa uma figura de autoridade, e esse tem sido um dos aspectos mais difíceis de se tratar no meio do povo de Deus até hoje. A igreja tem recusado os enviados que vem em nome de Jesus. A unção apostólica profética não é como a autoridade de governo terreno, mas como autoridade que vem representando o Governo do Pai/Filho e Espírito Santo.

Ap. Roy Pillay.

Profetas são enviados para estar diante de sistemas maus e rebeldes e declarar a Palavra de Deus. A unção profética é liberado para o ministério em uma cultura rebelde. Um Profeta, sob a unção Ezequiel, são enviados com funções no meio de escorpiões e cobras. Mas sua força está no Senhor e não em instituições.

Ap. Pedro Amancio.

O reconhecimento da unção profética é para toda igreja do Senhor Jesus.

A unção profética precisa fluir por todo o Corpo de Cristo. A finalidade Apostólica é conectar a igreja com os dons proféticos para que todos os membros do Corpo de Cristo tenham crescimento em manifestação de Poder pelo Espírito Santo e pela Palavra de Deus. O objetivo do ministério apostólico é levar a Igreja à maturidade.

Capacitação Divina e Responsabilidade Divina.

A Palavra de Deus, é a capacitação do apostólico que traz perturbação a consciência dos filhos imorais. A unção apostólica afronta os desajustados espiritualmente que se levanta no arraial contra a Verdade da doutrina de Cristo. CapaIdade é a posição de estar em Deus com mente e o espírito renovado.

Ef. 420-24. Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se é que, de fato, o tendes ouvido e nele fostes instruídos, segundo é a verdade em Jesus, no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade.

Capacidade é viver a verdade pela a Palavra de Deus.

A unção apostólica é despertada com responsabilidade de organizar o povo na igreja e estabelecer o Reino de Deus na vida do povo de Deus. O sucesso de todo ministério apostólico vem acompanhado de muito trabalho, fidelidade, zelo e disciplina na doutrina.

Creio que está é uma temporada que Deus vai levantar pessoas com responsabilidade e propósito, profetas impactantes com a unção de Ezequiel, pessoas que vão causar transtorno na Babilônia por causa da Palavra de Deus, vão a trazer Espada de Cristo para dentro de seus cativeiros. A missão apostólica é transformar vidas, conectar os filhos ao coração do pai.

CLAREZA DA VOZ DE DEUS.

Clareza da Voz de Deus.

 

(Ezequiel 2:2) Enquanto ele falava, o Espírito entrou em mim e me pôs de pé, e ouvi aquele que me falava.

Esta unção traz a percepção clara da voz de Deus.

Nota PA.

O ouvir da voz de Deus é sinal humildade e de maturidade espiritual. O crente apostólico não é depende de intérpretes para entenderem a vontade do Senhor. Jesus disse que as suas ovelhas reconhecem sua voz e a seguem. Na avaliação apostólica, primeiro o profeta aprende a ouvir e depois andar.

O andar é sequência ouvir a sua voz. Antes de falar em nome do Senhor, aprenda a ouvi-lo. Antes de falar em justiça, misericórdia e humildade aprende a praticar.

Mq. 6:8. Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é o que o SENHOR pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus.

A incapacidade de reconhecer a voz do Senhor, está em não se relacionar com o Espírito Santo. Toda comunhão apostólica com Deus é avaliada pela a percepção do entendimento da prática de sua Palavra.

Não existe nada místico ou esquizofrênico em ouvir claramente a voz de Deus.

A sensibilidade e a percepção para escutar Deus falar está em você ter intimidade com a sua Palavra. Ouvir da voz de Deus é pelo o relacionamento com o Seu Espírito Santo.

O crente precisa de uma orelha limpa afim de poder ouvir claramente a voz de Deus. Quanto mais perto da Fala de Deus, menos questionador ficaremos. Quanto mais nitidez na fala, mais certeza, menos prova na fé e mente limpa.

Estejamos cada vez mais perto de Deus para uma melhor avaliação dos questionamentos. As interrogações deixam de existir em nossas mentes com a compreensão da Voz Superior.

Gn. 3:1. Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?

A tentação de Adão e Eva, está associada à dúvidas relativa por não ouvir perfeitamente a Voz superior. A interrogação pertence a serpente, as interrogações nos empurrarão para fora do Jardim de Deus.

Essa é uma temporada de muitos sons, eles tem perturbado os crentes de ouvir perfeitamente a voz do Senhor. A serpente nunca mudou sua estratégia, ela tem alçada sua voz no jardim confundido muitos Adões e Evas. A serpente ainda continua apelar para uma consciência apóstatas na Casa do Senhor.

A corrupção da Voz é a o jogo de Satanás, sua vantagem nesta temporada tem sido de muitos crentes recusarem a Mensagem Apostólica de Reforma.

Quem não quiser comer do fruto proibido deve se afastar da árvore proibida. O mesmo método, a mesma cilada da serpente é questionar o fruto falso para Fruto Verdadeiro.

Gn 3:4-5. Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal.

A serpente está forjando a Palavra e escondendo sua real intenção, seus propósitos não são inocentes, ela visa manchar a reputação divina. Crentes fracos vão dialogar com a serpente, crentes curiosos vão bisbilhotar o fruto da árvore proibida.

Gn 3:6. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu.

Temos bastantes crentes instigados na igreja, assim como Adão e Eva, doidos por ouvir outras vozes. Desejando o que é proibido, imaginando outra árvore, seus olhos querem contemplar uma visão de vaidade, diferente de Ezequiel.

Os crentes precisam do Espírito do Senhor para discernir o que ouvem, veem e senti. A validação da voz que ouvimos é de conforme a Palavra Deus.

Mateus 4:4. Jesus, porém, respondeu: Está escrito:

Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.

1 Coríntios 2:14. Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

Ouvir claramente a voz do Senhor vai exigir algumas demandas de se afastar de algumas coisas. As tentações que nos deixa fascinados pela vaidade, a concupiscência da carne e dos olhos por onde vem a soberba, que é a grande fraude de satanás. Muitos crentes descuidados têm sido atraído pela glória mundana por desprezar o escrito da Palavra de Deus.

Ez. 43:1-5. Então, o homem me levou à porta, à porta que

olha para o oriente. E eis que, do caminho do oriente, vinha a glória do Deus de Israel; a sua voz era como o ruído de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória. O aspecto da visão que tive era como o da visão que eu tivera, quando vim destruir a cidade; e eram as visões como a que tive junto ao rio Quebar; e me prostrei, rosto em terra. A glória do SENHOR entrou no templo pela porta que olha para o oriente. O Espírito me levantou e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR enchia o templo.

A Voz do Senhor é a Glória do seu templo, a Voz de de Cristo é a Glória da sua igreja. Assim como o Filho tem a Palavra do Pai, também a igreja tem a Palavra do filho.

Mateus 7:24. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha;

João 9:7. dizendo-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que quer dizer Enviado). Ele foi, lavou-se e voltou vendo.

A destruição do Odre Pai/Filho é dar ouvido a serpente no Jardim do Éden.

A serpente é manipuladora de voz, cuidado!